Formalizar um pequeno negócio: 6 dicas para evitar erros em sua empresa

  • julho 15, 2021

Para evitar problemas fiscais ou jurídicos e manter o funcionamento das operações, a sua empresa precisa estar com o CNPJ formalizado e regularizado.

Se você pensa em ter uma empresa, mas ainda não sabe o que fazer para evitar problemas fiscais, prejuízos financeiros ou possíveis dores de cabeça, é importante entender como formalizar um pequeno negócio para reduzir os erros e obter mais sucesso com as suas estratégias.

Provavelmente você já ouviu falar sobre empresas que passaram por problemas fiscais, não é mesmo? Devido à intensa demanda que uma pessoa recebe ao abrir um negócio, muitas vezes, ela não sabe como formalizar e regularizar as suas atividades, mas fazer isso é imprescindível para cumprir os requisitos legais.

Abrir um pequeno negócio pode ajudar você a ter um bom crescimento profissional e mais autonomia financeira, mas é necessário ter alguns conhecimentos sobre como mantê-lo dentro das normas exigidas.

Neste artigo, você vai conferir o que é CNPJ, qual é a importância de formalizar e regularizar a sua empresa, além das principais dicas sobre como fazer isso de forma mais fácil e prática para evitar possíveis erros. Boa leitura!

O que é CNPJ?

Assim como o CPF é um documento necessário para efetivar a sua identificação como cidadão, o CNPJ é fundamental para identificar e regularizar as pessoas jurídicas ou empresas: ele representa o número de registro de uma organização, cooperando para que esta possa funcionar normalmente.

Como formalizar um pequeno negócio?

O que determina se a sua empresa está dentro da lei não é ter uma ampla carteira de clientes nem estar com o CNPJ ativo, mas há diversos outros pontos que você precisa atentar.

Para formalizar um pequeno negócio, é importante não somente ter o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) em mãos e estar inscrito na Previdência Social, mas também realizar corretamente diversos outros passos, como:

  • definir o modelo de negócios e o nome da empresa;
  • escolher o tipo de empresa (MEI, ME, EPP);
  • estabelecer o regime jurídico da empresa (EI, EIRELI ou LTDA);
  • escolher as atividades a serem realizadas (CNAEs);
  • saber qual será o regime tributário (Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real);
  • elaborar o contrato social com os sócios;
  • reunir os documentos exigidos para o registro na junta comercial;
  • obter o alvará de localização e funcionamento;
  • fazer a Inscrição Estadual.

Para obter mais acertos e tranquilidade ao longo desse processo, é recomendável contar com o auxílio de um profissional contábil: além de ajudar na coleta de documentos necessários, você também vai ter o apoio necessário para tirar as suas dúvidas e receber as orientações mais adequadas.

Como registrar a marca da sua empresa?

Um dos primeiros passos de quem pretende abrir um pequeno negócio é definir o nome deste, mas como deve ser feito o registro de marcas e patentes? Além de identificar a sua organização, agregando mais valor aos seus serviços ou produtos, fazer o devido registro protege a sua marca e patente contra cópias.

Para registrar a sua marca, alguns cuidados devem ser tomados previamente, a fim de facilitar o processo, entre eles:

  • consultar se o nome da sua marca já existe;
  • definir o segmento em que a sua empresa vai atuar;
  • saber quais taxas vão ser pagas;
  • estabelecer a natureza da sua marca;
  • investir em uma identidade visual.

Quais são os benefícios de regularizar uma empresa?

Apesar de o processo da formalização de uma empresa envolver diversos documentos e etapas burocráticas, a devida regularização oferece diversas vantagens, como:

  • facilidades operacionais para abrir uma conta de pessoa jurídica e emitir notas fiscais;
  • mais credibilidade aos clientes;
  • possibilidade de fechar melhores negócios;
  • redução de riscos ou problemas com a fiscalização.

Como evitar erros na formalização da sua empresa?

Antes de formalizar a sua empresa, alguns empreendedores de primeira viagem enfrentam obstáculos e desafios que englobam diversos aspectos do mundo dos negócios. Então é importante ter atenção a alguns fatores específicos para evitar possíveis erros. Confira a seguir!

Reúna informações sobre o segmento e o mercado

Para começar, é recomendável coletar dados sobre o segmento em que pretende atuar, analisando o cenário econômico e mercadológico.

Organize as suas finanças

Manter um equilíbrio financeiro em sua empresa é ideal a qualquer momento, mas, ainda mais no começo. Então, após organizar as informações coletadas, é hora de separar as finanças pessoais das jurídicas e construir o plano de negócios.

Obtenha crédito para auxílios financeiros

Vale a pena falar com fornecedores para negociar prazos de pagamentos, descobrir o melhor tipo de financiamento para o seu negócio e avaliar quais garantias a empresa deve apresentar para garantir a possibilidade de créditos melhores.

Pesquise os custos da sua empresa

Antes mesmo de iniciar as suas atividades, é importante ter uma noção de quanto a sua empresa vai precisar para se manter no mercado: é necessário atentar tanto para os gastos fixos quanto variáveis.

Faça um bom planejamento empresarial

É importante saber o valor de crédito necessário para lidar não somente com os gastos necessários do início, mas com os custos para enfrentar imprevistos, a fim de manter a saúde financeira do seu pequeno negócio.

Peça a orientação de um contador

Desde antes dos primeiros passos da abertura da empresa até o acompanhamento constante das operações, o auxílio de um contador é a escolha ideal para quem deseja receber as orientações adequadas e obter mais acertos em todo o processo da formalização de um pequeno negócio.

Um bom profissional de contabilidade não somente otimiza o seu tempo com a parte burocrática, mas também pode ajudar você a evitar problemas com o Fisco e alcançar as suas metas com mais sucesso.

Conheça a Formma Contábil

Nós sabemos que a informalidade é um risco para quem empreende, e que formalizar e regularizar um negócio proporciona diversos benefícios a longo prazo.

A nossa equipe é especializada em assessorar empresas de diversos segmentos: oferecemos soluções nas áreas contábil, trabalhista, tributária e societária, e estamos preparados para ajudar você a focar no que mais importa.

Com o nosso apoio, você vai receber a orientação que precisa para simplificar os processos burocráticos e garantir mais acertos durante a abertura e o desenvolvimento da sua empresa.

Para tirar as suas dúvidas sobre como formalizar um pequeno negócio e ter mais equilíbrio financeiro a longo prazo, a fim de se destacar no mercado e gerar competitividade, é só agendar uma conversa com os nossos especialistas em contabilidade.

Fale conosco para tirar os seus sonhos do papel e transformar a sua empresa em realidade, respeitando as normas e garantindo mais lucratividade. Até logo!